top of page

China Balbino será o técnico do Esportivo

Jeverson Wilson Walter Balbino, 45 anos, foi confirmado, nesta quinta-feira (20), como novo comandante do alviazul


China Balbino será o novo técnico, do Esportivo, para o restante temporada 2024. A confirmação do nome foi feita pela diretoria do clube, nesta tarde de quinta-feira (20).


China assume o lugar deixado por Gustavo Papa, após derrota do clube contra o Brasil-FA, na última quarta-feira (19).


Jeverson Wilson Walter Balbino, completou 45 anos nesta quinta-feira, foi técnico do São José se desligando do clube, Porto Alegre, em abril. O ex-zagueiro tem larga experiencia no futebol gaúcho e vem com o objetivo de levar o alviazul para próxima fase da Divisão de Acesso.


O novo técnico deve se apresentar no final de semana. Ele estará, em Bento Gonçalves, para observar a equipe no jogo, do próximo domingo (23), contra o Passo Fundo. Para este jogo, o Esportivo terá, na casamata, o interino Marcelo Nunes que depois se integrará a comissão técnica.


O anuncio de China foi confirmado pelo presidente do Esportivo, Douglas Tedesco. Segundo Tedesco, China aceitou o desafio, disse que o técnico já tem um bom conhecimento do elenco e começará a implementar sua metodologia na próxima semana.


Apelidado por amigos, Jeverson Balbino virou China na infância. No futebol, ficou por cinco anos na base do Inter, até a categoria juvenil. A profissionalização como jogador ocorreu no América-MG, time pelo qual conquistou a Copa Sul-Minas de 2000. Depois, voltou ao Rio Grande do Sul, defendendo várias equipes do Interior, como São Luiz, Ulbra, Santa Cruz, Sapucaiense, Grêmio Bagé, Ypiranga, Santo Ângelo e 14 de Julho.


O zagueiro tornou-se treinador no Caxias de Joinville. Comandou juvenil, juniores e profissionais. Mais tarde, foi auxiliar na Chapecoense e no Cruzeiro de Cachoeirinha. Em 2014, chegou ao São José para ser auxiliar do técnico Gilson Maciel. Ainda trabalhou com Thiago Gomes. Quando Thiago deixou o Zequinha, China foi efetivado. Acabou campeão da Copa Valmir Louruz e da Super Copa, credenciando-se a permanecer no São José.


Teve passagens ainda pelo Glória-VA, Atlético Tubarão (SC), Hercílio Luz (SC) e Aimoré. Seu último clube foi o Zequinha, na disputa da Série C, do Brasileirão.

 

(Foto: Eduardo Torres)

Komentar


bottom of page