No Montanha dos Vinhedos, Esportivo se despede da Copa do Brasil 2021

Com direito à cobrança de pênalti desperdiçada, Alviazul entrou em campo pela competição nacional nesta quarta-feira (17), mas deu adeus às chances de avançar para a segunda fase com a derrota por 2 a 0 para o Clube do Remo

Os 16 anos de espera para o reencontro entre o Clube Esportivo Bento Gonçalves e a Copa do Brasil reservaram um confronto movimentado no estádio Montanha dos Vinhedos. Porém, o placar desfavorável de 2 a 0 para o Clube do Remo, do Pará, eliminou o Alviazul da competição nacional. A partida ocorreu nesta quarta-feira (17).

Com direito à cobrança de pênalti desperdiçada, a partida teve gols anulados, um jogador expulso durante a maior parte do segundo tempo e outro no final e entrega dos jogadores alviazuis para tentar superar o marcador até o apito final. Os gols do jogo foram marcados por Gedoz e Lucas Tocantins.

Agora, o Esportivo volta seu foco para o Campeonato Gaúcho 2021. No próximo domingo, dia 21, a equipe tem o Clássico da Polenta pela frente diante do Caxias, no estádio Centenário, às 20h. Na competição estadual, o clube figura na 10ª colocação, com três pontos conquistados.


Como foi o jogo

Primeiro tempo

Na tentativa de mudar o rumo dos últimos resultados, o técnico Winck propôs quatro alterações na equipe, em relação ao último jogo: entrou Michael, Mateus Norton, Rennan e Wesley Pacheco (nos lugares de Balbino, Itaqui, Juninho Tardelli e Warlei, respectivamente). As mudanças surtiram efeito nos minutos inicias. Tanto é que a primeira grande chance do jogo foi do Esportivo. Cruzamento de William pela direita e cabeceio perigoso de Wesley Pacheco rente à trave do goleiro paraense, aos 4 minutos. Já aos 16, foi a vez do goleiro alviazul fazer uma boa defesa. Bem colocado, Anderson pegou a bomba de falta, cobrada por Gedoz. Porém, aos 20, Marlon recebeu na direita, foi até a linha de fundo e cruzou para o meia Felipe Gedoz, que recebeu na marca do pênalti e mandou para o fundo das redes para abrir o placar. Na sequência, Gabriel Lima lançou o meia novamente, mas a zaga do Esportivo afastou. Como forma de reação, Michael ganhou de Fredson em disputa na lateral esquerda e cruzou para Wesley Pacheco, que cabeceou em direção ao gol. A bola passou perto, mas foi para linha de fundo. O Esportivo teve chance igualar o marcado aos 35. Wesley Pacheco recebeu a bola na área e foi agarrado. O árbitro marcou pênalti. O próprio centroavante foi para a cobrança, mas o goleiro Thiago Rodrigues defendeu no canto direito. Aos 41, Daniel Cruz é lançado, supera a zaga e obriga o arqueiro a sair do gol. Daniel caiu e pediu a falta, o que poderia ser a expulsão do goleiro do Remo, mas a arbitragem não marcou. Na sequência do lance, Rennan chuta em direção ao gol vazio, mas a bola passa rente à trave pelo lado de fora – no último lance mais agressivo do Alviazul na primeira etapa.


Segundo tempo

Para tentar reverter o placar, Winck promoveu uma mudança no intervalo: saiu William e entrou o atacante Emerson, revelação da base alviazul. Contudo, quem brilhou nos minutos iniciais foi o goleiro Anderson. Renan Gorne fez boa jogada individual pelo meio, lançou Gedoz que ficou cara a cara com o arqueiro, que fechou bem o ângulo para evitar o gol. Na sequência, dois lances perigosos no ataque a favor do Esportivo – ambos com bolas jogadas por cima da meta. O jogo ficou ainda mais complicado aos 11 minutos, quando Mateus Norton levou o segundo cartão amarelo, por colocar a mão na bola, e ser expulso da partida. Mesmo com um a menos, o Esportivo suportou a pressão e foi para o ataque. Aos 28, Jocinei, que havia recém entrado na partida, chegou a marcar, mas teve anotada sua posição de impedimento. Dois minutos mais tarde, Emerson avançou pela esquerda e cruzou em direção Wesley Pacheco. O atacante cabeceou em cima de Thiago Rodrigues. A bola ainda ficou viva na área, mas o goleiro azulino segurou e evitou o gol. No contra-ataque, bate-rebate na área, o ataque paraense chutou em direção ao gol, mas Anderson fez uma excelente defesa. Porém, o time, que avançou para buscar o resultado, deixou espaços para o contra-ataque com um homem a menos e cedeu o segundo gol ao Remo – Lucas Tocantins marcou, selando o 2 a 0. No final, Mateus Santana ainda foi expulso.

O Alviazul entrou em campo com Anderson, Mateus Norton, Júnior Alves, Igor da Silva e Michael; Lucas Hulk, Mateus Santana (Vini Martins), William (Emerson) e Rennan (Juninho Tardelli); Daniel Cruz (Jocinei) e Wesley Pacheco (Gonzalo).

A arbitragem teve: Árbitro – Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ); Auxiliares – Michael Correia e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ); Quarto árbitro – Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS).


É possível acompanhar a análise da partida, feita pelo técnico Luiz Carlos Winck, acessando o canal do clube no YouTube (bit.ly/tivoyoutube).


Próximo jogo:

O que: Caxias x Esportivo, pelo Campeonato Gaúcho 2021

Quando: domingo, dia 21, às 20h

Onde: estádio Centenário, em Caxias do Sul (com portões fechados)

Como assistir: em imagens, pelo site globoesporte.com/rs


Fotos: Kévin Sganzerla/CEBG

878972691.jpg