top of page

Clube Esportivo será presidido por Douglas Tedesco no biênio 2024-2025



Novo presidente assumirá lugar de Leocir Glowacki, que deixa o comando do Alviazul após gestão iniciada em 2022


O Clube Esportivo Bento Gonçalves está prestes a iniciar um novo ciclo na gestão de sua história mais que centenária. Às vésperas de completar 104 anos, o Alviazul anuncia a troca no comando do clube: o atual presidente Leocir Glowacki dará lugar à Douglas Tedesco, que assume a presidência para a gestão 2024-2025 – a 80ª da história. Tedesco é fisioterapeuta, com anos de dedicação ao Esportivo. Glowacki, por sua vez, deixa o clube após comandar a instituição no último biênio e ter passado, ainda, pelas diretorias de Marketing e Finanças em gestões anteriores.


O novo presidente assume após aclamação em assembleia realizada pelo Conselho Deliberativo do clube na terça-feira (22) – tendo como desafios o fortalecimento das categorias de base e a recolocação do time profissional na elite do futebol gaúcho. "Nosso objetivo é trabalhar com o futebol profissional o ano inteiro. Com um calendário anual, teremos competições no primeiro semestre (o Campeonato Gaúcho A2, no caso da próxima temporada) e na segunda metade do ano (a Copa FGF). A partir delas, nossa meta imediata é colocar o clube de volta à série A estadual e buscar uma vaga em competições nacionais, com o primeiro objetivo voltado à vaga na Copa do Brasil por meio da Copa FGF", destaca Tedesco.


Para tal, já vem atuando no planejamento para a temporada que se avizinha – alinhando a formação do elenco junto à nova comissão técnica, que será anunciada oficialmente em breve. "Faremos uma criteriosa análise de mercado para compor um grupo competitivo, que permita ao Esportivo o retorno à elite e, a médio prazo, uma vaga também no Campeonato Brasileiro Série D", adianta.


Para as categorias de base, a ideia é dar continuidade ao trabalho e melhorar ainda mais a estrutura disponibilizada aos jovens atletas. "Nossa ideia é oportunizar aos atletas da base a integração ao elenco principal para a disputa do Gauchão A2 2024. Em paralelo, pretendemos reforçar a oferta de estrutura e horários para os alunos da Escolinha de Futebol, buscando uma centralização dos treinamentos das categorias no complexo esportivo Montanha dos Vinhedos. Para isso, já estamos alinhando a continuidade da captação de recursos como forma de fortalecer ainda mais os trabalhos", ressalta.


Natural de Bento Gonçalves e há mais de 15 anos atuando com futebol profissional, Tedesco tem 38 anos de idade, é formado em Fisioterapia, com pós-graduação em fisiologia do exercício, e iniciou no Esportivo como estagiário, em 2007. Permaneceu no clube até 2011, quando passou a atuar em diversos clubes, incluindo uma passagem pelo futebol chinês. De lá, retornou ao Alviazul entre 2017 e 2018. "Voltei ao clube a convite do então presidente Anderson Zanella e logo em seguida ingressei no Conselho Deliberativo. Na sequência, fui convidado a compor a diretoria do então presidente Laudir Piccoli e segui no departamento de futebol com o Leocir. Essa trajetória dentro e fora do clube, passando por praticamente todas as fases de gestão, me dão segurança para assumir esse desafio", enfatiza.


Professor universitário e empresário no ramo de fisioterapia, Tedesco chega à presidência com a intenção de contribuir para o futebol, como um todo. "Sou torcedor e apaixonado pelo Esportivo, mas vejo que posso fazer a diferença no entendimento que temos sobre esse esporte. Me sinto preparado para buscar novos aprendizados, mas também ensinamentos para a instituição, direcionando os esforços para as reais necessidades do clube", aponta.



Missão cumprida à frente do Alviazul


Antes da passagem de bastão, Leocir Glowacki analisa sua passagem no comando da instituição com o sentimento de dever cumprido. "Com as contas ajustadas, o clube tem totais condições financeiras e estruturais de evoluir ainda mais nos próximos anos. Apesar de todas as dificuldades que enfrentamos, conseguimos entregar um clube saudável financeiramente e com ótimas perspectivas em termos de formação de elenco profissional e fortalecimento da estrutura e suporte para a formação de jovens atletas", destaca Glowacki.


A gestão possibilitou a participação do clube em campeonatos estaduais e regionais com as categorias de base e aplicação de melhorias no complexo esportivo Montanha dos Vinhedos – que permitiram, por exemplo, a lotação máxima do estádio com adequação às normas do PPCI. Isso, sem falar no título do Campeonato Gaúcho Série A2 de 2022 que fica como legado. "Buscamos realizar um trabalho que pudesse ser mais assertivo possível. Nem tudo saiu como planejado, mas com um alinhamento financeiro ajustado à realidade do clube, buscamos honrar com os nossos compromissos, trabalhando com os pés no chão. Hoje, colhemos os frutos desse esforço", enfatiza.


Douglas Tedesco e Leocir Glowacki

Crédito: Exata Comunicação, Alessandro Manzoni

Commentaires


bottom of page