top of page

Esportivo tem dois jogos para se manter na elite do futebol gaúcho

Próximos confrontos são contra o Juventude, sábado, e o Internacional. Alviazul precisa de duas vitórias


Equipe do Esportivo enfrentou, terça-feira (28), o Ypiranga, de Erechim, e tem pela frente, nas duas últimas rodadas da fase classificatória, o Juventude e o Internacional.

Foto: Enio Bianchetti


Mobilizar e motivar a equipe – comissão técnica e jogadores – para os dois últimos compromissos do Clube Esportivo Bento Gonçalves na reta final da fase classificatória do Campeonato Gaúcho 2023, Série A, é o desafio do presidente Leocir Glowacki. O alviazul joga contra o Juventude no sábado (04), às 19h, no Estádio Montanha dos Vinhedos. Depois, enfrenta o Internacional, no Estádio Beira Rio, dia 11, às 16h30min.


É preciso somar seis pontos nesses dois próximos jogos para consolidar a permanência na elite do futebol gaúcho. “Enquanto tivermos chance, estaremos lutando para a permanência na Série A. Vínhamos fazendo boas partidas, mas após a mudança da tabela dos jogos tivemos uma lacuna de dez dias sem jogar e tivemos um tropeço no último jogo. O desafio é grande, mas temos um grupo comprometido, coeso e guerreiro. Acreditamos e vamos buscar os resultados”, disse o presidente.


O Esportivo enfrentou o Ypiranga na noite de terça-feira (28) e perdeu pelo placar de 3 X 0, gols marcados no segundo tempo da partida. Agora, precisa vencer os confrontos restantes para fugir do rebaixamento.


PRÓXIMOS JOGOS

10ª rodada – Esportivo X Juventude (Caxias do Sul)

Quando – Sábado (04 de março), às 19h

Onde – Estádio Montanha dos Vinhedos


11ª rodada – Internacional X Esportivo

Quando – Sábado (11 de março), às 16h30min.

Onde – Estádio Beira-Rio, Porto Alegre


Saiba como foi o jogo contra o Ypiranga


PRIMEIRO TEMPO

01 min - Logo no primeiro minuto de jogo o Esportivo chega pela esquerda à área dos visitantes e o cruzamento encontra Richard, dentro da área. O atacante cabeceia e a bola passa muito perto da meta do goleiro Caíque.

02 min - Na sobra de cruzamento de Matheuzinho, a zaga do Esportivo afasta mal, Erick Farias, dentro da área, fica com o rebote e finaliza rasteiro, no canto direito. O goleiro Rafael Copetti, bem posicionado, defende.

04 min - Bruno Baio recebe de Mossoró, tenta o pivô, mas Jean Pablo joga para a linha lateral aliviando a pressão do Ypiranga sobre a zaga alviazul.

07 min – O meio de campo Matheuzinho ganha da marcação pela direita de ataque do Ypiranga, cruza rasteiro, mas o zagueiro Jean Pablo, seguro, afasta o perigo.

08 min – O atacante Xandy recebe na intermediária e opta por finalizar de longe. A bola não leva perigo à meta do goleiro Caíque, que acompanha a saída pelo lado direito.

14 min - Matheuzinho tabela com Bruno Baio, invade a área do Esportivo e cai no gramado. O árbitro da partida manda o jogo seguir apesar dos jogadores do Ypiranga pressionarem pela marcação de pênalti.

17 min – De novo o meio de campo Matheuzinho. Ele arranca em velocidade pelo meio, passa pela marcação e acelera. Na frente da área do Esportivo, busca a finalização colocada no canto direito de Rafael Copetti, que acaba espalmando para escanteio. Bom momento do Canarinho

19 min - Richard é lançado na ponta esquerda de ataque do Esportivo, ginga diante da marcação e finaliza cruzado para o meio da área. Na sobra, no bico da grande área, Fabrício Lusa pega de primeira e a bola passa próxima da meta do goleiro Caíque.

27 min – Vinícius Kiss acha Richard, dentro da área do Ypiranga. O atacante tenta a conclusão, mas Robson bloqueia para escanteio. Na sequência, em cobrança de falta sofrida pelo lateral Roger, Xandy bate direto para o gol. No meio do caminho, Gedeílson, com a ponta do pé, joga para escanteio e afasta o perigo que rondava a área visitante.

32 min - Matheuzinho recebe de Gedeílson, o meia cruza na área, mas a bola fica com o goleiro Rafael Copetti.

33 min - Bruno Baio recebe na área, tenta o drible, mas na hora do cruzamento joga muito fechado, e Copetti fica com a bola.

34 min - Richard sofre carga no campo de ataque, falta para o Esportivo. Xandy cobra direto pela linha de fundo.

37 min - Na entrada da grande área adversária, Richard fica com a sobra. O atacante busca o chute e acaba sendo bloqueado pela zaga do Ypiranga.

39 min – Novamente Richard. Ele cobra falta da intermediária, o atacante Flávio Torres desvia, mas a bola sai direto pela linha de fundo

41 min - João Pedro (ex-Esportivo na vitoriosa campanha da Divisão de Acesso do ano passado) descola ótimo passe para Gedeílson na linha de fundo. No entanto, o lateral acaba exagerando na força e bola passa por toda a grande área.

45 min – Com apenas 15 segundos de acréscimo, termina o primeiro tempo no Montanha dos Vinhedos, com o placar zerado.


SEGUNDO TEMPO

02 min – Logo na retomada da partida o árbitro marca pênalti para os visitantes. Matheusinho recebe, dentro da grande área, e o zagueiro Cleyton acerta o meia do Canarinho.

04 min – Gol do Ypiranga – O atacante Bruno Baio cobra a penalidade. Com a perna direita, finalizou no canto direito do goleiro Rafael Copetti, que ameaçou se jogar para o lado esquerdo mas acabou ficando no meio do gol.

08 min - Após uma série de tentativas de cruzamentos, Vinícius Kiss chega na linha de fundo e cruza rasteiro. Caíque sai bem e fica com a bola.

10 min - PK tabela com Bruno Baio, invade a área e rola para a finalização de João Pedro. O meia solta uma bomba para o gol, mas o lateral Roger, de cabeça, impede que a bola encontrasse as redes do Esportivo.

14 min – Gol do Ypiranga - Depois de lançamento longo, a defesa do Esportivo perde para Bruno Baio que desvia, Matheuzinho finaliza cruzado e Rafael Copetti defende com o pé. Na sobra, Erick Farias empurra para o fundo das redes.

18 min - Richard é acionado, dentro da grande área do Ypiranga, e tenta o cruzamento. Robson bloqueia e a bola bate novamente no atacante e sai pela linha de fundo.

25 min - Márcio Lima faz cruzamento na medida para o atacante Flávio Torres. O jogador Alviazul, livre, acaba cabeceando por cima da meta de Caíque, uma grande chance para diminuir a diferença no marcador.

26 min - Vinícius Kiss cruza, Flávio Torres pisa e Richard finaliza no canto, mas para fora.

28 min - Thiaguinho recebe lançamento na direita e é derrubado por Patric Calmon, falta para o Esportivo. O volante Germano cobra a meia altura, o que facilitou a marcação do Ypiranga.

32 min – O meio de campo MV, que recém havia entrado no Ypiranga, avança pela esquerda e toca em profundidade para William Barbio. Dentro da área, o atacante tenta encobrir o goleiro Rafael Copetti, mas pega mal na bola.

35 min – Gol do Ypiranga - Em contra-ataque do Canarinho, Jhonatan Ribeiro cruza rasteiro e William Barbio, livre, finaliza com força para vencer o goleiro Rafael Copetti.

40 min - Thiaguinho cobra falta, Róbson corta. Na sobra, Vinícius Kiss finaliza, mas é bloqueado. Lessa também tenta e para na defesa do Ypiranga.

42 min - Na ponta direita, Vinícius Kiss recebe e sofre falta. Mais uma bola parada para o Esportivo. Mais uma vez, a defesa do Ypiranga é soberana e afasta o perigo de gol na cobrança da falta.

49 min - Ypiranga chega em profundidade, mas Rafael Copetti sai do gol e fica com a bola.

51 min - Termina o jogo no Montanha dos Vinhedos. Vitória por 3 x 0 para o Ypiranga.


O Esportivo: Copetti, Márcio Lima (Lessa), Cleyton, Jean Pablo, Leandro Bulhões (Germano), Roger Bastos, Richard (André), Fabrício, Flávio Torres (Marcus Vinícius), Vinícius Kiss e Xandy (Thiaguinho). Técnico: Carlos Moraes.


O Ypiranga: Caíque, Gedeílson, Robson, Windson, PK (Gustavo Nogy), Lorran (Clayton), Mossoró, João Pedro (MV), Erick Farias (Jhonatan Ribeiro), Matheuzinho e Bruno Baio (William Barbio). Técnico: Luizinho Vieira.


Arbitragem: Árbitro Wagner Silveira Echeverria, auxiliado por Conrado Bittencourt e Gustavo Marin. O quarto árbitro foi Edimilson Fernandes da Luz e, como técnico de arbitragem, Luiz Fernando Moreira.

댓글


bottom of page