Após resultados desfavoráveis na rodada final, Esportivo disputará Divisão de Acesso em 2022

Em partida que encerrou a participação alviazul no Gauchão 2021, equipe de Bento Gonçalves foi superada pelo Internacional, neste sábado (24), pelo placar de 5 a 0

Foram duas temporadas seguidas na elite do futebol gaúcho – a possibilidade da terceira, porém, foi interrompida na noite deste sábado, dia 24. Com a derrota por 5 a 0 para o Internacional e uma combinação de resultados desfavoráveis, Clube Esportivo irá disputar a Divisão de Acesso em 2022. Apesar da boa arrancada nos últimos jogos sob o comando de Gustavo Papa, a campanha irregular ao longo da competição acabou somando na reta final e decretando o rebaixamento.

Assim, o Esportivo encerra a competição na 11ª colocação, com 9 pontos conquistados. Em 11 jogos, foram duas vitórias, três empates e seis derrotas, com 9 gols pró e 18 contra.


Como foi o jogo

Primeiro tempo

Para encarar o Internacional, Gustavo Papa promoveu apenas uma mudança na equipe titular, em relação à escalação da última rodada: na zaga, saiu Sosa e entrou Rafael Dumas. Porém, logo aos 4 minutos, Rodinei cobrou falta da esquerda na cabeça de Zé Gabriel, que testou para o fundo do gol, abrindo o placar no Beira-Rio. Logo depois, o Esportivo teve uma boa chance na bola parada próximo à grande área, mas Michael cobrou nas mãos do arqueiro colorado. Aos 18, após cobrança de Itaqui na área, Lucas Hulk subiu mais que a zaga e cabeceou, mas a bola saiu por cima do gol de Daniel. Momentos depois, Vini Martins avançou com a bola e arriscou de longe, mas chutou por cima da meta. Aos 25, foi a vez de Itaqui roubar a bola na direita e cruzar, mas Zé Gabriel se atirou e afastou a bola. Contudo, a defesa alviazul não foi capaz de conter o ímpeto colorado. Aos 32, cruzamento para Nonato, que soltou uma bomba e não deu chances para Anderson. Já aos 40, Yuri Alberto ampliou o marcador de pênalti, fechando o placar na primeira etapa.


Segundo tempo

Para tentar uma reação, Papa fez uma substituição no ataque: saiu Vini Martins e entrou Emerson. A melhor oportunidade alviazul na etapa final foi aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio de Tardelli, a bola sobrou para William, que soltou uma bomba na entrada da área, mas a bola foi muito alta. Do outro lado, foi a vez do Inter chegar – e de forma efetiva. Rodinei cobrou falta na cabeça de Rodrigo Dourado, que balançou as redes pela quarta vez na partida. Minutos depois, Rodinei apareceu no meio da zaga e chutou sem chances de defesa para Anderson. Aos 36, Emerson tentou marcar o gol de honra com uma bomba de fora da área, mas Daniel fez bela defesa. Final: Internacional 5, Esportivo 0.

O Alviazul entrou em campo com Anderson, Itaqui, Júnior Alves, Rafael Dumas e Michael (Balbino); Lucas Hulk, Mateus Santana (Serafini) e Juninho Tardelli; Vini Martins (Emerson), William (Daniel Cruz) e Warlei.

A arbitragem foi conduzida por Jonathan Pinheiro, auxiliado por Artur Avelino Birk Preissler e Fabulo Oliveira Diniz – o quarto árbitro foi Rodrigo Brand Da Silva.


Sequência da temporada

Com o rebaixamento no Campeonato Gaúcho, resta ao Clube Esportivo a decisão sobre a participação no Brasileirão Série D – com início previsto no mês de junho. A avaliação e a programação para a sequência da temporada será divulgada pelo clube em breve.

Fotos: Kévin Sganzerla/CEBG

878972691.jpg