Após partida em Novo Hamburgo, Esportivo buscará reabilitação no Gauchão 2020 dentro de casa

Alviazul sofreu primeira derrota no segundo turno da competição, mas já foca na partida diante do Pelotas no próximo domingo, dia 15, no Montanha dos Vinhedos

 

Passados quase 30 dias de invencibilidade no Campeonato Gaúcho 2020 – desde a vitória no ‘Clássico da Polenta’, diante do Caxias, no final do primeiro turno – o Clube Esportivo Bento Gonçalves conheceu o primeiro revés na Taça Francisco Novelletto Neto neste domingo, dia 08. No Estádio do Vale, o alviazul perdeu para o Novo Hamburgo pelo placar de 2 a 1.

Contudo, logo aos seis minutos de jogo, o Esportivo dava mostras de que a ideia inicial era buscar os três pontos, mesmo atuando fora de casa: Lucas Hulk cruzou e Flávio Torres dominou para mandar a bola na trave. O atacante, inclusive, quase deixou sua marca em outra boa chance ainda na primeira etapa: após a assistência de Bovi, pela direita, o camisa 9 mandou direto para o gol e a bola raspou no travessão.

No segundo tempo, o alviazul seguiu propondo as ações da partida. Tanto que, após belas defesas de Jackson, goleiro adversário, em investidas do ataque bento-gonçalvense, Caprini desencantou e marcou seu primeiro gol na competição: aos 14, Flávio Torres mandou de cabeça para o meio da área, o camisa 11 ajeitou a bola com a perna canhota e abriu o placar. Porém, quatro minutos depois, Matheus Lagoa aproveitou um rebote do goleiro Renan e tocou rasteiro para o fundo das redes para empatar. Em ascensão na partida, o Noia conseguiu a virada após falha da zaga do Esportivo. Aos 31, Juba entrou sozinho na área, mandou de perna esquerda e selou o 2 a 1 para a equipe da região metropolitana.

“Tivemos vários erros técnicos durante a partida, mas com algum volume de jogo. Sabemos que a falta de concentração foi o principal motivo pela derrota, pois tínhamos o jogo na mão e deixamos o resultado escapar com erros individuais e coletivos. Vamos trabalhar essas correções ao longo da semana para já no próximo jogo buscarmos eliminar qualquer possibilidade de rebaixamento”, avaliou o técnico Carlos Moraes.

A equipe alviazul que entrou em campo pela segunda rodada da Taça Francisco Novelletto Neto teve: Renan; Vinícius Bovi, Cleiton, Gullithi e Romulo; Edson Borges, Washington, Lucas Hulk, Diogo (Gustavo Sapeka) e Caprini (João Pedro); Flávio Torres (Marcão).

Com o resultado, o Esportivo fica na quarta colocação do Grupo B, com três pontos, e na sexta posição na classificação geral da competição, com 11, dentre as 12 equipes participantes (a segunda rodada se encerrará somente nesta segunda-feira, dia 09).

 

Próximos compromissos

No horizonte alviazul, o penúltimo compromisso dentro de casa pela fase de grupos do Campeonato Gaúcho 2020: no próximo domingo, dia 15, o Esportivo recebe o Pelotas, no Montanha dos Vinhedos, às 16h. Na sequência, a equipe viaja até Erechim, no final de semana seguinte, para encarar o Ypiranga. O calendário ainda prevê os confrontos o Internacional, em Bento Gonçalves, no dia 25, e Juventude, em Caxias do Sul, no dia 1º de abril.

 

Serviço do próximo jogo:

O quê:  Esportivo x Pelotas, pela 3ª rodada da Taça Francisco Novelletto Neto, do Gauchão 2020

Quando: domingo (15), às 16h

Onde: Estádio Montanha dos Vinhedos

Quanto:

Arquibancada – R$ 30 (antecipado nos pontos de venda: Posto São Bento, Loja D’Art e Supermercados Grepar) e R$ 40 (no dia do jogo)

Meia-entrada (idosos e estudantes) – R$20

Cadeira – R$100

Visitante – R$ 40

Estacionamento (não-sócios) – R$15

*Sócios do Clube Esportivo têm entrada franca